. . .

Welcome to Magazine Prime

Universidade do Rio de Janeiro abre vagas para processo seletivo

Milhares de candidatos se inscreveram para o 1º vestibular UERJ 2020. As inscrições foram encerradas no dia 10 de outubro e as provas serão aplicadas no dia 2 de dezembro.

Neste ano, foram oferecidas cotas para alunos negros, descendentes de indígenas e concluintes do ensino médio em escola pública.

Os cursos mais concorridos nesta edição do vestibular são: Direito, Jornalismo, Relações Internacionais, Administração e Desenho Industrial.

O gabarito das provas será divulgado no dia 2 de dezembro e as notas serão divulgadas no dia 21 do mesmo mês. Os aprovados poderão fazer suas matrículas a partir do dia 18 de janeiro de 2020.

A UERJ é uma das universidades mais concorridas do país. Por sua tradição, história, qualidade de ensino e estrutura, muitos estudantes do Rio de Janeiro e de outros Estados sonham em garantir sua vaga nela. Por isso, é importante para os candidatos se prepararem, fazendo cursinhos e estudando em casa também. Ter uma boa base de estudos no ensino médio com certeza é fundamental para conquistar a tão sonhada vaga em uma universidade estadual.

Vestibular UERJ Resultado do 1º Exame de Qualificação

Já foi divulgado o resultado do primeiro exame de qualificação do vestibular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O rol relaciona os selecionados para a segunda fase do processo de seleção, lembrando que, para passar para a próxima etapa, foi necessário acertar mais de 40% das perguntas objetivas da prova aplicada no domingo (dia 17 de junho).

Junto ao resultado, a UERJ também apresentou os dados do vestibular 2020. Com 84.114 inscritos, o índice de abstenção ficou em 7,21%, já que compareceram para fazer a prova 78.044 candidatos. Os faltantes ou mesmo estudantes que não se candidataram para o primeiro exame de qualificação podem participar da segunda etapa do vestibular, que será aplicada em 16 de setembro. A diferença é que, quem passar pelas duas etapas, poderá usar o melhor desempenho para concorrer na etapa final.

As inscrições para o segundo exame de qualificação estarão abertas entre os dias 3 e 25 de julho. Nesta segunda etapa, os acadêmicos deverão fazer provas de português, redação e de conhecimentos específicos.

Na primeira etapa, os candidatos que acertaram 70% ou mais das questões do vestibular receberam conceito A e levam 20 pontos de vantagem na segunda fase. De 60% a 69% o conceito é B, com 15 pontos. De 50% a 59% o conceito é C, com bônus de 10 pontos. E de 40% a 49% o conceito é D, com cinco pontos.

Qual a Nota de Corte Necessária para Obter Aprovação em Bolsas de Estudos?

A nota de corte Prouni é a nota mínima que a pessoa precisa para poder passar na prova durante todo o processo de seleção. Que para ser mais exato você precisa conseguir alcançar pelo menos 400 pontos para conseguir sua bolsa. Esta nota é necessária para poder saber se o candidato conseguiu ou não passar na prova e se classificarem para a próxima etapa.

Esta é a principal maneira para que a pessoa possa conseguir a sua classificação. Porém uma nota boa não significa que você conseguir entrar na instituição, pois algumas delas são bem mais exigentes e somente escolhem os participantes que tiveram notas ainda mais altas do que o recomendado.

Exatamente por estes motivos é recomendado que tente conseguir a maior nota possível, também para que possa ser aceito por mais de uma faculdade dando a você a opção de escolher a que mais achar melhor.

O ProUni oferece aos seus participantes muitas bolsas para poderem entrar nas melhores faculdades do Brasil, tanto públicas como também nos particulares. Mas que ambas elas podem garantir a você um ensino de qualidade e um ótimo futuro.

Para que possa conseguir melhores bolsas de estudo no ProUni é preciso que cumpra todas as normas que por ela são impostas. Para poder conseguir entrar é preciso que consiga no mínimo 450 pontos na prova do ENEM. Entre todas as universidades, a ProUni é a que exige menos pontos para que o estudante possa conseguir uma vaga e entrar. Pois em relação ás outras universidades você precisa de no mínimo 650 pontos.

Lista de Espera

Depois que todas as pessoas fizeram suas inscrições o prazo é imediatamente cancelado, e os pontos que as pessoas marcam são definidas pelo tipo de curso na qual elas escolheram, pois uns exigem mais pontos e outros menos.

A primeira chamada para do ProUni para o ano de 2019 saiu no mês de janeiro, e a segunda está definida para julho. E os alunos que foram convocados durante a primeira chamada devem comparecer no local que foi indicado o mais rápido possível. Se não souber se foi selecionado é só acessar a lista de espera do ProUni, que também é bom para que você possa sabe a sua pontuação que você tirou. E para os candidatos que não conseguirão a bolsa podem entrar na lista de espera do ProUni.

Podendo assim aguardar até que possa surgir alguma vaga nova para você, pois na maioria das vezes muitas pessoas acabam saindo de seus cursos deixando suas vagas abertas, ficando disponíveis para qualquer outra pessoa.

Se você acaso for o primeiro da fila, assim que uma vaga é aberta imediatamente você é comunicado por seus representantes para que possa se encaminhar até o local e confirmar a sua matrícula.

Mas infelizmente estas listas de espera são muito grandes, podendo fazer que que leve muito tempo até que possa conseguir alguma vaga. Pois não é tão fácil assim de conseguir uma vaga, porque elas são realmente muito disputadas. Diversas pessoas por todo o país estão há muito tempo disputando para conseguir alguma vaga para poderem estudar nestas universidades. Principalmente nas faculdades mais famosas do Brasil, que possuem um ensino mais forte.

As faculdades que possuem uma lista de espera maior na maioria das vezes são as faculdades particulares, mas não quer dize que as públicas não tenham filas, mas pelo contrário, suas listam também são imensas.

Veja como fazer o acompanhamento da inscrição no INEP

No momento de fazer a inscrição para o Enem 2020, o candidato recebe uma senha para ter acesso ao seu cadastro no INEP, além de poder acompanhar todas as etapas do processo. No site também é possível receber orientações sobre o Enem, além do guia do estudante e informações sobre prova de redação.

O candidato que irá fazer a prova precisa acompanhar todas as fases, como a divulgação dos locais de prova, conteúdos, documentação e demais informações.

Onde encontrar o sistema de acompanhamento

O sistema de acompanhamento é feito no mesmo site onde foi feita a inscrição, basta acessar a página do INEP, http://enem.inep.gov.br/, entrar no endereço ao lado e clicar na opção “acompanhe sua inscrição”. Desta forma, basta que o candidato digite o seu CPF e a senha que o mesmo escolheu na hora da inscrição. É necessário guardar muito bem, pois sem ela, não é possível acompanhar a inscrição pela internet. As datas das provas também são informadas na página de acompanhamento.

Onde encontrar o número da inscrição do Exame

No mesmo site em que o candidato acompanha a inscrição no Enem e altera seus dados cadastrais, pode ser visto o número de confirmação da inscrição. Este número é necessário para lançar a nota do Prouni e Sisu, ao final do processo seletivo.

É importante manter os dados sempre atualizados no cadastro, e ficar atento para não perder nenhuma etapa para não ser eliminado do processo.

Detran pede a quem pagou licenciamento de carro na última semana para conferir dados

Para administrar o trânsito em todo o extenso território brasileiro, o Governo Federal resolveu criar órgãos estaduais responsáveis pelas jurisdições que cobrem toda área de seu respectivo Estado de atuação.

O DETRAN, como são chamados os Departamentos Estaduais de Trânsito do Brasil, são os principais responsáveis por cuidar do tráfego brasileiro, sendo que cada Departamento de cada Estado é responsável pela criação e forma de atuação de suas leis, podendo assim os órgãos se diferenciarem em sua estrutura e abrangência.

Lembre-se antes de adquirir um veículo das suas obrigações, como o pagamento de impostos: IPVA, Licenciamento Goías e DPVAT. Saiba que se você não manter em dia, seu veículo corre o risco de ser até mesmo apreendido e você não poderá circular pelas rodovias.

Vale a pena citar que, tal subdivisão é um poder dado pela nossa Constituição Federal promulgada no ano de 1988, onde a administração indireta é permitida em forma de lei, só que a mesma será sempre sucumbente, de alguma forma, do órgão que a criou.

No Rondônia, Estado pertencente à região Norte do Brasil, o DETRAN-RS como é conhecido o Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia, foi criado no dia 13 de dezembro de 1995, vinculado à Secretaria de Segurança Pública do Estado, possuindo principalmente autonomia administrativa e financeira. Atua em todo o território do Estado com a principal finalidade de planejar, a coordenar, a fiscalizar e o controlar a política de trânsito objetivando um tráfego calmo, tranquilo e seguro, para que pedestres e motoristas e motociclistas coabitem de forma segura, levando essa educação para as pistas e evitando acidentes que ocorrem devido à falta de responsabilidade.

Para atender a população de forma rápida e fácil, o Detran Mato Grosso conta além dos postos de atendimento e das Circunscrições Regionais de Trânsito, com vários postos credenciados que vão de despachantes a clínicas e agentes financeiros. Para visitar a sede do departamento, basta se dirigir ao endereço, que mantém funcionamento de atendimento ao público de segunda a sexta-feira das 08h00min às 13h00min e 14h00min às 17h00min horas.

Para acessar, basta entrar no endereço eletrônico www.detran.mt.gov.br, e navegar livremente. Não se paga nada pelas consultas e para maiores dúvidas, pode mandar um e-mail.

Cargos e salários na internet

A publicação, ontem, da relação de todos os 162 mil funcionários públicos do Paraná, com seus respectivos salários e cargos, na internet, foi, para o governador Roberto Requião (MDB), um dos “maiores feitos” da administração do peemedebista. Ele admitiu que, mesmo sendo governador, tem dificuldades para saber o quanto ganha, realmente, cada um dos servidores. “Sou governador há sete anos, e tenho dificuldade para saber quanto ganha cada funcionário. Esta abertura na internet para nossos patrões, que são os contribuintes, tem uma segunda intenção. Na PEC (Proposta de Emenda à Constituição) estamos pedindo que se estabeleça um prazo de 4 ou 8 anos, um ou dois governos, para que os salários do Paraná sejam equalizados.

Isto porque, existem categorias que conseguem avanços salariais. No nosso setor jurídico, temos funcionários ganhando R$ 16 mil, enquanto que existem médicos cujos salários são de R$ 5 mil. São salários interatrofiados, por isso, a idéia é, constitucionalmente, fazer uma equalização dos salários”, explicou. E levou mais de sete anos para ver isso?

Fruet doará 30% do seu salário de R$ 26,7 mil

Gustavo Fruet
Gustavo Fruet – Foto: Jornalivre.com

O prefeito de Curitiba, Gus­tavo Fruet (PDT), anunciou ontem que pretende doar 30% do seu salário a uma entidade ligada à Igreja Católica. A decisão segue a prática dos dois antecessores no cargo, Beto Richa (PSDB) e Luciano Ducci (PSB). Ambos, porém, devolviam o mesmo porcentual da remuneração aos cofres do município. Como o salário do prefeito é de R$ 26.723,13, o valor doado por Fruet será de R$ 8.016,94. Com isso, sua remuneração mensal chegará a R$ 18.706,19.

Por meio da assessoria de imprensa, o pedetista afirmou que não pretendia anunciar publicamente a doação mensal de parte do salário, para evitar usá-la como instrumento de autopromoção. Ele disse que só fez o anúncio por ter sido questionado pela imprensa sobre o assunto. Fruet declarou ainda que doava boa parte das verbas indenizatórias a que tinha direito na Câmara Federal quando era deputado. Acrescentou que jamais tornou pública essa atitude. Perguntado sobre qual instituição receberá a doação a partir de agora, afirmou que a informação estará disponível na sua declaração do Imposto de Renda.

Desde 2007 – quando foi divulgado um levantamento que mostrava que Curitiba tem o prefeito mais bem pago das capitais –, o chefe do Executivo municipal passou a abrir mão de parte do salário. O primeiro a fazê-lo foi Richa, que passou a devolver 30% da remuneração ao caixa da prefeitura. Ao assumir o cargo, em abril de 2010, Ducci disse que não faria o mesmo por considerar justo o vencimento de R$ 26,7 mil para o tamanho da estrutura administrada pelo prefeito. Logo a seguir, no entanto, voltou atrás e também passou a devolver 30% do salário.

Em meio à polêmica em torno do fato de Curitiba pagar o maior salário das capitais ao seu prefeito, tanto Richa quanto Ducci chegaram a enviar à Câmara Municipal projeto de lei cortando parte do salário – o que dispensaria a necessidade de fazer a devolução. No entanto, as propostas foram arquivadas sob a justificativa de que somente os vereadores poderiam propor uma matéria dessa natureza. Além disso, argumentou-se que a redução dos vencimentos do prefeito poderia prejudicar os funcionários de carreira do município – pois o teto do funcionalismo seria reduzido (o máximo que um servidor pode ganhar é o salário do prefeito).